Páginas

quinta-feira, 28 de março de 2013

Receita Detox e Dica para a Páscoa

Desculpe a demora gente, mas esta semana andei focada em outros projetos, por isso não consegui escrever aqui antes...

Como prometi no meu instagram esta semana, segue abaixo a receita de mais um suco detox, que sinceramente de todos os que eu já fiz até hoje foi o que mais me deixou satisfeita, e com a sensação de que havia comido um prato de arroz e feijão. rsrsrs


Ingredientes:
·         1 laranja sem a polpa branca
·         1/2 limão (suco)
·         1 maçã gala ou fuji
·         1 pedaço de gengibre (do tamanho de uma moeda de 1 real)
·         1 folha de couve
·         1/2 copo de água
·         gelo
Modo de Fazer:
 
Bata no liquidificador todos os ingredientes e tome em seguida, sem coar.
 
Agora vamos ao que interessa... enfim, todo mundo sabe que amanhã começa um dos feriados "mais gordos" que existe durante o ano, e como sei que somos filhos(as) de Deus, quem fez por onde até hoje tenho certeza que se dará ao direito de comer o seu ovinho de páscoa. Errado ou certo? Quem sou eu para julgar!! Além do mais, acho que merecemos um docinho de vez em quando, e não só aqueles protéicos que sempre posto no meu IG, ou por aqui... Alguns podem optar por não, acho que cada um tem que ir atrás daquilo que é melhor pra si, e você deve fazer isso porque você mudou seu estilo de vida totalmente e nem sente vontade mais de doces ou também não come mais chocolate, não sente falta, seja lá qual for seu motivo... eu só não quero ver igual muitas que vejo por aí (algumas inclusive beeeem próximas a mim), que ficam um mês na tal dieta dunkan, protéica, do doutor raio que o parto, e no primeiro dia off do mês seguinte se acabam no rodízio de pizza com direito a sobremesa mais bebida alcóolica, ou detonam um rodízio japonês (o que até tem opções super saudáveis, mais comem tudo que tem direito do tal rodízio, e a noite ainda, que o metabolismo já está lá embaixo e a digestão mais lenta), ou aquela noite regada de muitossssss queijos e muitasssss taças de vinho, etc... poderia dar um monte de exemplos, mas enfim, o que eu quero dizer aqui, que a reeducação alimentar e a rotina de exercícios físicos é o segredo para o sucesso, para se ter qualidade de vida e atingir objetivos pessoais, físicos, estéticos, qualquer que seja a sua meta. Além do mais, tudo aquilo que você se proibe do dia para a noite, tem grandes chances de você ter um ataque de histeria na primeira oportunidade que tiver de comer aquilo, e ao invés de se contentar com um, vai querer detonar o pote inteiro, saco, ou o que for, porque ficou tanto tempo sem, que acaba despertando seu lado "monstro" na primeira mordida! rsrsrs... Então, cuidado galera!!! M-O-D-E-R-A-Ç-Ã-O é a palavra!!!!

Inclusive tenho um texto da própria IFBB Academy Brasil (International Federation of Bodybuilding and Fitness), que diz o seguinte:

"Moderação, esta é a palavra chave para alcançar o sucesso com a reeducação alimentar. Algumas pessoas excluem completamente determinados alimentos, achando que estes podem levar a episódios de voracidade. Acreditam, por exemplo, que um simples pedaço de pizza pode levar ao consumo da pizza inteira. No entanto, algumas pessoas que seguem uma dieta fazem abstinência. Nada de pizza, nada de sobremesa. Nunca. Porque acreditam que não vão se contentar com um, e vão acabar detonando tudo.
Esta estratégia restritiva pode ser contraprodutiva, segundo a especialista Suzanne Girard Eberle, autora do livro “Nutrição para os esportes de resistência”.
Para evitar esta situação, Eberle aconselha um sistema mais moderado para perder peso, que inclui alimentos que poderiam estar dentro da categoria de “alimentos gordurosos”. Ao invés de abrir mão dos seus alimentos favoráveis, procure fazer uma moderação responsável: “Para ter sucesso com a dieta, terá que comer menos destes alimentos, porém sem eliminá-los por completo.”
Eberle acredita que as mulheres podem incluir até 150 calorias e homens 200 calorias desta categoria de alimentos. Isso equivale a uma porção pequena de sorvete, por exemplo. Um pedaço de pizza medido pode ter um pouco menos do que 200 calorias.
A conclusão é que você tem que saber quais são os seus pontos fracos e os alimentos que mais gosta e desfrutar-los com moderação."

 

Mas como o assunto aqui é Páscoa, e logo a palavra chocolate é a primeira que vêm na cabeça de muitos neste momento, e não o real sentido da Páscoa de renovação e esperança, aliás um excelente momento para refletir e celebrar a vida... massssss como a consumação é o que manda neste país, acho interessante aos chocóolatras de plantão (como eu), saber que é possível sim conciliar a saúde e o prazer de comer chocolate, pois quando consumido sem exageros é considerado saudável e nutritivo. A recomendação é de 30g a 40g de chocolate por dia, o que equivale aproximadamente uma barra pequena ou um bombom, de prerefência acima de 74% cacau, como a Nutricionista Priscila Di Ciero explica muito bem aqui. Além do mais para tornar o chocolate aliado da saúde, fique atenta ao tipo de chocolate, quanto mais cacau, mais saudável, pois possuem quantidade reduzida de açúcar e gordura. O amargo (70% cacau) contém substâncias antioxidantes que melhoram a circulação sanguínea, reduzindo assim o risco do surgimento de doenças do coração. Já o chocolate branco não é indicado, pois contém apenas a manteiga de cacau, ou seja, gordura hidrogenada. Consumido em excesso, pode aumentar o peso e contribuir para o aparecimento de doenças cardiovasculares.
Outra dica que li em alguns estudos e acho importante, é sobre o horário ideal para comer chocolate, que seria após as refeições, principalmente o almoço, porque não haverá o pico de açúcar no sangue, proporcionado pelo consumo do chocolate, evitando assim, a intensificação da fome e a vontade de querer comer mais. Diferentemente, se consumido no meio da tarde, com o estômago vazio.
Além disso, o chocolate ingerido na medida certa estimula a produção de serotonina, um calmante natural, que produz a sensação de bem-estar e melhora do humor.
E para que você consiga controlar a quantidade de chocolate que irá ingerir, o segredo é comê-lo em pedaços pequenos e devagar. Deixe-o derreter na boca, pois assim, reduzirá a aquela "ansiedade" e "necessidade" de comer em maior quantidade.
 
Certo?!!!
 
Espero ter ajudado a esclarecer sobre o chocolate e a paúra de sair da dieta, e de não vê-lo como grande vilão. Nós que o fazemos de inimigo, e não ele a nós!!! Pense nisso!!!!
 
E não se esqueça de curtir sua Família neste feriado, que tem um significado muito maior que os ovinhos de Páscoa.
 
Feliz Páscoa e bom feriado a todos!!!!

4 comentários:

  1. Falou tudo! A palavra chave é MODERAÇÃO, mas o perigo de quem já foi obeso como eu é não conseguir se controlar...eu já passei por isso. Deixava de comer muita coisa só pelo fato de ter medo de não saber me comportar. Hoje mesmo quando "jaco" jaco nas frutas, produtos integrais...mas isso me preocupa porque significa que a reeducação não foi completa. Gosto muito tb da lei da compensação. E assim vou vivendo e sempre com um pé atrás mesmo não seguindo mais nenhuma dieta!
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já fui obesa tb Janaina, já estive com 15kgs a mais do que eu tenho hoje, e isso em meus plenos 15 aninhos, ou seja, ainda baixinha... fui durante a escola chamada de baleia, grávida, bola, enfim... carrego isso até hj na minha vida e por isso me cobro tanto. Tenho dificuldade para emagrecer justamente pq como cresci obesa, tenho mais qtde de células adiposas do que alguém que cresceu saudável... enfim, mas tb sei que tenho grande propensão a não me controlar com só um pedaço ou mordida, e é por isso que nunca compro doces ou besteiras e deixo em casa. Quando acho que "mereço" alguma escapadela da dieta vou lá e compro o meu "prêmio". Mas algumas vezes é bom desligar o botão. Como minha Mâe diz, as vezes nos fazemos mais mal pela culpa ou por nos arrepender do que o próprio chocolate ou seu alimento predileto, mas infelizmente carregamos dentro da gente a vontade de sermos perfeitas, e a cada tombo nos culpamos muito né?! Tb me preocupo quando faço essas coisas, e fico com medo de "ressucitar" alguém que eu já queria ter "enterrado" já muito tempo com meu novo estilo de vida!! Mas fazer o que se somos seres humanos passíveis de erros e vontades né?!
      O importante é ter sempre foco, seguir o caminho certo para alcançar sua metas, e aprender que tomar ou errar de vez em quando faz parte do aprendizado e da vida. Bjs

      Excluir
    2. Menina já surtei muito com relação as derrapadas! Quando seguia serio na dieta de cutting, se por ventura me atrevesse a comer algo diferente numa festa, eu chegava na academia e arrancava o meu couro nos aerobicos e ficava numa culpa horrivel! Nossa, é tão ruim quanto estar fora do peso ideal pra minha altura. E eu me cobro mesmo não estando numa dieta porque eu hoje não tenho uma meta e isso me deixa vulneravel ! O bacana eh contar com o povo sincero que vai te falar : tá fazendo isso errado ou vao dizer parabens, continue no caminho! Eh por isso que num largo isso aqui!

      Excluir
    3. Te entendo perfeitamente... minha mente me puni mto + as vezes do que a derrapada em si. Mas pq vc hj ñ tem uma meta??? Largar este nosso mundo? Nunca! É meu combustível! rsrsrs... O que me motiva a sempre querer + e +! rsrs...

      Excluir