Páginas

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Peito de Peru é saudável?


Muita gente me pergunta porque quase nunca me vê comendo embutidos... enfim, respeito a disponibilidade e forma de pensar de cada um, mas o fato é que evito ao máximo esses embutidos pois eles contém muito, mas muuuuuuuuuito sódio!!

Já reparam a tabela de informação nutricional quando vocês compram no supermercado peito de peru, presunto, entre outros?? Por exemplo o peito de peru marca Sadia light tem por fatia em média 125,2mg de sódio, geralmente as pessoas comem 3 fatias por refeição, ou seja, só aí já ingeriu 375,6mg de sódio, sem contar conservantes, químicos que você ingere junto... enfim, eu deixo para quando não tenho mesmo outras opções prontas ou estou muito cansada e não estou afim mesmo de chegar perto da cozinha rsrs... ou se realmente dá uma vontade, pois eu gosto sim de peito de peru!!
 
Eu também decidi escrever sobre ele, pois é um dos primeiros alimentos que as pessoas incluem no seu dia-a-dia assim que entram em dieta, reeducação alimentar, é um dos alimentos da lista dos embutidos mais consumidos, por apresentar uma baixa quantidade de gordura.
 
"O que na realidade acontece é que não devemos nos atentar apenas à quantidade de calorias, carboidratos, proteínas e gorduras. Você já parou para observar a quantidade de sódio presente no peito de peru, tão magrinho?
Em 2 fatias de peito de peru temos 500mg de sódio!!! Só para você ter uma ideia do que isso significa, a quantidade ideal de sódio que devemos consumir no dia todo é de 2400mg, ou seja, 20% da quantidade total de sódio que devemos consumir em 1 dia estão presentes em apenas 2 fatias de peito de peru.
Agora vamos analisar os ingredientes:
Carnes de aves, água, sal, regulador de acidez: lactato de sódio, condimentos, glicose, realçador de sabor: glutamato monossódico, açúcar, fibra de trigo, proteína isolada de soja, estabilizantes: polifosfatos de sódio, espessantes: carragena, conservadores: nitrito e nitrato de sódio, antioxidante: eritorbato de sódio, aroma natural de fumaça e corante natura carmim de cochonilha.
Vamos destacar alguns deles:
- condimentos: quais??? imagine o que pode ter aí!!
- glicose e açúcar: peito de peru tem açúcar!!!
- polifostato de sódio, espessante carragena, eritorbato de sódio, aroma natural de fumaça, corante carmim de cochonilha: isso é comida???
- nitrito e nitrato: lá dentro do seu estômago, o nitrito pode ser convertido a nitrosamina, que é uma substância potencialmente cancerígena.
Bem, agora com essas informações vocês já estão aptos a fazer melhores escolhas para sua alimentação."
E aí ficaram na dúvida porque quase nunca consumo?! Precisa falar mais alguma coisa?

Beijos e até a próxima dica!!

Fonte: nutrição esportival e funcional
Sigam-me no instagram: @denisefit

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Receita do Creme de Abacate Protéico

Oiiii...
 
E aí tudo bem??
 
Hoje trago a receita do Creme Protéico de Abacate que é minha refeição pré-treino que vira e mexe posto no instagram e sempre me pedem a receita, ou o ficam curiosos do porque comer isso, que abacate é gordura e blá, blá, blá... enfim... vou explicar porque é uma refeição beeeeem interessante de ser feita, além de muito gostosa e de matar a vontade de doces... em especial da mulherada que adora um!!! (como eu... hehehe)
 
Então, porque consumir abacate? Mesmo sabendo que ele é calórico e rico em gorduras? Aliás outro dia inclusive escrevi um post sobre as gorduras boas e a importância dela na dieta e no auxílio da redução da gordura ruim (leia aqui). Vamos entender como essa fruta é ótima pra nós!!!! O abacate promove saciedade e otimiza a ação da insulina no organismo, ajudando assim o corpo a acumular menos gordura. Ele possui gorduras insaturadas (ômega 3 e 6) além de ser rico em vitamina E, potássio, magnésio, ácido fólico e riboflavina, que favorecem o metabolismo de gorduras e açúcares. Tem proteína, ferro, cálcio, alto teor de nutrientes antioxidantes e anti-inflamatórios como as vitaminas A e E, tendo a ação de redução da inflamação dos adipócitos, fornece energia e aumenta a disposição. Ou seja, muuuuuuitos benefícios né?! Será que te convenci a incluir na sua alimentação??
 
Acredito que sim... então vamos a receitinha do meu pré-treino sólido de praticamente todos os dias!!
 
Ingredientes:
  • 70gr de abacate
  • 1 scoop de whey protein de baunilha ou chocolate
  • 1 colher de chá de óleo de coco
  • 1 colher de chá de cacau em pó orgânico ou zero açúcar (opcional e dependendo da fase da sua dieta e desejo por chocolate)
Modo de Fazer:
 
Bata tudo no processador ou liquidificador, coloque na geladeira por 30 minutos, e está pronto para consumo.
 
Eu, como já deixo pronto para a semana toda, ou conforme o tamanho do abacate, eu preparo tudo e congelo. Pois não estraga em nada, o gosto continua ótimo, e no dia que for consumir é só colocar na geladeira (como eu faço) ou colocar na sua térmica para consumir aonde estiver e depois ir treinar. Já carreguei muitas vezes na minha bolsa por algumas horinhas e não estragou e o gosto continuou o mesmo, só não ficou tão bom quanto gelado (amo!)
 
Faço assim:
 
 
Primeiro eu bato o abacate e depois peso...
 
 
Divido por 70 para saber quantas porções vai dar, e aí já sei quantos scoops de whey tenho que por, colheres de chá do óleo de coco e bato até ficar cremoso.
 
 
 
Depois separo na quantidade de potinhos que havia dado... como já tenho um que cabe direitinho a porção, é só eu encher ele até a boca, e depois colocar para congelar.
 
 



 Congelado ainda:


 
 


quinta-feira, 9 de maio de 2013

Motivação x Desculpas


Oiiii galerinha do bem, tudo bem com vocês??
 
Vocês já perceberam como sempre estamos rodeados de pessoas que vivem dando desculpas para aquilo que elas deveriam estar entregando ou fazendo e não estão? Só que essas pessoas se esquecem de que, ao final, o que verdadeiramente importa são os resultados...

Não importa quais sejam os seus objetivos, se quer emagrecer, ganhar massa, eliminar godura, se você quer ter mais tempo, se você não tem dinheiro suficiente, não está no trabalho que gostaria de estar, e assim por diante...

É claro que não adianta ficar só nos objetivos no papel... É preciso entrar em ação! É preciso dar passos consistentes em direção ao objetivo que você quer conquistar todos os dias.
 
Comece se preocupando com o dia de hoje, faça o que tem e deve ser feito, e garanta que hoje você fez tudo o que precisava para conquistar seu objetivo, pois dia após dia você estará um passo mais próximo dos seus objetivos.

Confie na natureza. Tenha certeza de que somente aqueles que fazem por onde chegam aonde querem. Busque os resultados como um meio de vida.
 
Pode ser difícil no início, mas eu garanto que o prêmio será muito valioso e valerá cada gota de suor.

Vá atrás do que quer, procure a motivação que precisa para começar, e principalmente continuar e nunca mais parar!
 
Lembre-se, eu acredito em você!!
 

terça-feira, 7 de maio de 2013

Receita Torta de Banana Integral

Genteeeee, fiz essa torta de banana integral da @milacozzi e ficou maravilhosaaaaaaaaaaaaa!!! Minha Família não só amou, como detonou! Realmente fica muito saborosa, não fica secona (só ficar de olho no forno para não deixar muito tempo e secar demais lógico!), e além de nutritiva e saudável, serve como uma boa refeição da tarde e para matar aquela vontade de doce.

Ingredientes

·         3 xícaras de aveia em flocos finos
·         1 xícara de linhaça dourada
·         2 colheres de sopa de sucralose
·         1 scoop de whey de baunilha (opcional)
·         1 colher de sopa de essência de baunilha ou de amêndoas
·         3 bananas amassadas
·         1 colher de sopa de óleo de coco
·         1 copo de iogurte desnatado Molico ou o com menos carboidrato e zero gordura
·         5 claras
·         Canela em pó
·      1 colher de chá de fermento em pó (coloque depois que a massa tiver homogênea)
 
Modo de Fazer
Bata tudo no processador. 

Unte uma forma com óleo de coco (a não ser que tenha de silicone). 

Monte da seguinte maneira:

1ª camada: Massa
2ª camada: banana fatiada com canela
3ª camada: massa
4ª camada: decore com banana, canela e amêndoas 

Depois coloque no forno a 240C, aproximadamente por 30 a 40 minutos.
 
Eu recomendo e espero que vocês gostem também!

Ah e não se esqueçam, 1 fatia só heim?! Sei que fica delicioso e a tentação de comer várias é grande, mas EQUILÍBRIO é a chave para o sucesso.
 
Bjs e bons treinos!!! ;-)

domingo, 5 de maio de 2013

O que comer no japonês sem culpa?

Muita gente chega pra mim e fala, ah comida japa posso comer sem culpa né?! Então... não é bem assim.... tem alguns itens que você deve tomar bastante cuidado na hora de escolhê-los, alguns que devem sim ser evitados, afinal não fazem bem para a saúde independente da fase da sua dieta!!! E outros que são ótimas opções, super nutritivas e saudáveis.

Primeiro, o que muita gente não sabe, é que o ARROZ JAPONÊS, sabe aquele que vai no temaki, nos sushis, ele possui AÇÚCAR! Açúcar?! Pois é... L Portanto, cuidado se você é diabético ou está em uma dieta pra definição, pois o açúcar também acumula muito facilmente na forma de gordura abdominal. E você não tem comido sobremesas, docinhos em geral, não vai jacar com os temakis e sushis!! Please!!! Rsrs... É claro que você pode consumí-los, mas sem exagero pela questão do açúcar!!
O SHOYO é um outro alimento que devemos ter cuidado, especialmente quem retém muito líquido, incha muito ou é hipertenso, devido a alta quantidade de sódio. O shoyo ainda possui o glutamato monossódico, que pode ser um veneno para quem tem enxaqueca. Vale a pena investir no shoyo light, mas mesmo assim com moderação!
 

Os HOT ROLLS são fritos, portanto mais calóricos, e se estamos falando de fritura nem preciso explicar mais nada né?! NÃO FAZ PARTE DE QUEM QUER TER UMA VIDA SAUDÁVEL! #xôfritura



Mas vamos falar nas coisas boas da culinárias japonesa, que aliás tem várias, e que você pode comer sem culpa!!!!
Comece comendo a saladinha que muitos deles servem, a SUNOMONO (também chamada por alguns por saladinha de pepino. Se possível consuma umas 2 porções para ficar mais saciado logo de cara, e assim não atacar com tanto voracidade os temakis e sushis! Hehehe... ;-)

O MISSOSHIRO é uma sopinha muito gostosa e cai muito bem agora para os dias mais frios. Consuma como entrada, assim você já vai "acalmando" a fome! Só não vale consumir missoshiro demais porque infelizmente tem uma boa quantidade de sódio também...
 
 
Outras opções que indico são: peixe grelhado e legumes, guioza no vapor, shimeji e os sashimis (pra mim a melhor parte da culinária japonesa e a que mais como!! Hummmmmmm...).


E vamos continuar focadas, que vale a pena colher os frutos disto depois!!!

quinta-feira, 2 de maio de 2013

Instabilidade não melhora resultado de exercício

Galera,

Desculpe a demora em escrever aqui no blog, mas eu estava em uma semana de muitos compromissos, além da visita especial do meu Primo Português... logo a agenda ficou ainda mais cheia, e acabei abandonando vocês, mas foi rápido, ufa!! rsrs...
Hoje venho falar de um assunto que está muito em voga, a instabilidade... enfim, andei lendo muita coisa sobre isso, muitas boas, muitas ruins, mas aqui entra o velho ditado da individualidade de cada pessoa... mas em um contexto geral o que andei percebendo, é que tem sido visto como a grande arma dos treinamentos modernos para aumentar o recrutamento da musculatura. Com isso, os treinos passaram cada vez mais a contar com suportes instáveis como bolas, bosu (meia bola com uma superfície reta de um dos lados), plataformas de instabilidade, discbol etc. Eu mesmo sempre coloco 1 ou 2 exercícios de abs na bola... Entretanto, o professor Júlio Serrão, do laboratório de biomecânica da Universidade de São Paulo, diz que este tipo de treino dá um pequeno ganho de força para indivíduos destreinados, mas não é eficiente para aqueles que já treinaram força.

Há a melhora a força do core, conjunto de músculos do centro do corpo, o tórax, como os músculos do abdome e sustentadores da coluna vertebral, mas, segundo o professor, o que causa um maior ganho muscular é a combinação de estímulos diferentes, e aí entra também o treinamento funcional.

A principal vantagem dos treinamentos com base na instabilidade é o ganho de propriocepção, que ocorre mesmo em atletas. E o que é essa tal de propriocepção?? É a capacidade de percepção do próprio corpo e correção automática de movimentos indesejados. Por exemplo, quando você quase torce o pé, seu músculo faz força para voltar para a posição normal, mesmo sem que você tenha tempo de pensar no que deve fazer, isso é propriocepção. O treinamento desta capacidade é essencial para todos no seu dia a dia, e primordial para atletas, para conseguirem efeitos precisam de treinos com desequilíbrios maiores.
"A musculatura do abdome e das costas tem função de estabilizar o corpo, por isso ela é mais sensível ao treinamento com instabilidade como o pilates e o treino funcional. Ao se incluir componentes de instabilidade é possível aumentar o recrutamento dessas musculaturas estabilizadoras, mas o mesmo não ocorre com os grupos musculares que não tem essa função."
Como disse o professor Serrão em sua palestra durante a IHRSA – encontro de negócios e bem estar em fitness -, ao treinar o bíceps – músculo do braço – em cima de uma bola suíça, a instabilidade não vai aumentar o trabalho do bíceps, que teoricamente é o músculo que buscamos treinar, ela apenas vai gerar mais trabalho da musculatura postural (em especial abdome e costas).
 
Apesar do professor destacar que existem poucos estudos bem organizados sobre treinamento funcional e pilates, ele apresentou alguns dados que mostram que os efeitos da instabilidade se restringem aos músculos estabilizadores. "Exercícios abdominais feitos sobre uma bola suiça mostram resultados melhores que os feitos numa estrutura lisa, pois a musculatura abdominal é estabilizadora e, ao trabalhar em uma superfície de desequilíbrio, precisa trabalhar mais para fazer o mesmo movimento." (Ainda bem, vamos manter nosos exercícios de abs na bola, Ufa! kkkkkk)
"A musculação feita com os aparelhos tradicionais restringe a instabilidade para permitir uma maior carga de trabalho, fortalece os músculos, mas não causa benefícios nos músculos estabilizadores e na propriocepção. Ele é ideal para trabalhos com iniciantes que precisam aprender os movimentos e fortalecer a musculatura. 
Já o treino com pesos livres, como anilhas e halteres, permite uma maior instabilidade, com um trabalho considerável de costas e abdome para estabilizar certos movimentos, o que muitas vezes não permite pesos tão altos quanto o dos aparelhos. Já os treinos funcionais pregam maior instabilidade, privilegiando a musculatura estabilizadora."
Segundo o professor Serrão, o esforço de abdome e costas em movimentos com peso livre como agachamento, stiff e agachamento terra, já provoca um grande trabalho da musculatura do core e ajuda na propriocepção sem a necessidade de mais instabilidade. Uma das pesquisas apresentadas pelo professor em sua palestra mostra que o agachamento feito com ou sem instabilidade tem o mesmo efeito na força da perna, com um trabalho um pouco maior da musculatura da coluna. Más é difícil fazer o agachamento no bosu, por exemplo, com a mesma carga que em uma superfície estável.
 
Mas na verdade o professor deixou claro em sua palestra, que não há exercícios bons ou ruins, o treinador quem deve prescrever o exercício adequado aos objetivos do aluno.
 
E aí, o que vocês acham? Já se testaram? Já consultaram um profissional qualificado para auxiliá-los com o perfil de treino adequado ao seu objetivo?
 
Qualquer dúvida me escrevam!!! E até amanhã!
 
Bjs, Dê.