Páginas

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Receita do Creme de Abacate Protéico

Oiiii...
 
E aí tudo bem??
 
Hoje trago a receita do Creme Protéico de Abacate que é minha refeição pré-treino que vira e mexe posto no instagram e sempre me pedem a receita, ou o ficam curiosos do porque comer isso, que abacate é gordura e blá, blá, blá... enfim... vou explicar porque é uma refeição beeeeem interessante de ser feita, além de muito gostosa e de matar a vontade de doces... em especial da mulherada que adora um!!! (como eu... hehehe)
 
Então, porque consumir abacate? Mesmo sabendo que ele é calórico e rico em gorduras? Aliás outro dia inclusive escrevi um post sobre as gorduras boas e a importância dela na dieta e no auxílio da redução da gordura ruim (leia aqui). Vamos entender como essa fruta é ótima pra nós!!!! O abacate promove saciedade e otimiza a ação da insulina no organismo, ajudando assim o corpo a acumular menos gordura. Ele possui gorduras insaturadas (ômega 3 e 6) além de ser rico em vitamina E, potássio, magnésio, ácido fólico e riboflavina, que favorecem o metabolismo de gorduras e açúcares. Tem proteína, ferro, cálcio, alto teor de nutrientes antioxidantes e anti-inflamatórios como as vitaminas A e E, tendo a ação de redução da inflamação dos adipócitos, fornece energia e aumenta a disposição. Ou seja, muuuuuuitos benefícios né?! Será que te convenci a incluir na sua alimentação??
 
Acredito que sim... então vamos a receitinha do meu pré-treino sólido de praticamente todos os dias!!
 
Ingredientes:
  • 70gr de abacate
  • 1 scoop de whey protein de baunilha ou chocolate
  • 1 colher de chá de óleo de coco
  • 1 colher de chá de cacau em pó orgânico ou zero açúcar (opcional e dependendo da fase da sua dieta e desejo por chocolate)
Modo de Fazer:
 
Bata tudo no processador ou liquidificador, coloque na geladeira por 30 minutos, e está pronto para consumo.
 
Eu, como já deixo pronto para a semana toda, ou conforme o tamanho do abacate, eu preparo tudo e congelo. Pois não estraga em nada, o gosto continua ótimo, e no dia que for consumir é só colocar na geladeira (como eu faço) ou colocar na sua térmica para consumir aonde estiver e depois ir treinar. Já carreguei muitas vezes na minha bolsa por algumas horinhas e não estragou e o gosto continuou o mesmo, só não ficou tão bom quanto gelado (amo!)
 
Faço assim:
 
 
Primeiro eu bato o abacate e depois peso...
 
 
Divido por 70 para saber quantas porções vai dar, e aí já sei quantos scoops de whey tenho que por, colheres de chá do óleo de coco e bato até ficar cremoso.
 
 
 
Depois separo na quantidade de potinhos que havia dado... como já tenho um que cabe direitinho a porção, é só eu encher ele até a boca, e depois colocar para congelar.
 
 



 Congelado ainda:


 
 


6 comentários:

  1. Estou amando seu blog, já testei algumas receitinhas e adorei! Mas me tira uma dúvida, please: pq vc coloca óleo de coco na sua mistura de abacate com whey? Só para dar uma consistência mais agradável ou por alguma propriedade do óleo de coco mesmo? Grata

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa Anônimo, fico feliz que esteja amando meu blog... mas se puder assine pra eu te responder melhor! rsrs... Fica estranho eu falando com um Anônimo! rsrs... A resposta do porque do óleo de coco está aqui na resposta da Renata, assim respondia as 2 de uma vez. Bjssss

      Excluir
  2. Oie!!! Adoro seu blog!!! Tenho uma dúvida: é legal ingerir gorduras no pré treino? O correto não seria carboidrato? Obrigada Bjo Gi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gi td bem?? O de costume da grande maioria, e que a maioria dos sites especializados em musculação indicam é sim o carboidrato de baixo índice glicêmico e proteína no pré-treino. Porém como minha Nutri me disse, identidade biológico de cada uma varia muito, logo, por isso ela me indicou esse pré-treino com gorduras. Lógico que essa dieta é por 2 meses, e pode ser que ela mantenha como mude... tanto é que eu mesmo mudo quando enjôo, e geralmente no dia do meu treino de perna que é beeeeem pesado, eu já faço um smoothie protéico (com banana) ou faço mingau de aveia e claras cozidas ou em forma de omelete. Enfim... mas esta receita vc pode utilizar de refeição intermediária, ou de sobremesa naqueles dias que morremos de vontade de um doce, pq realmente fica delicioso, mata a minha vontade de doce, além de ser saudpavel e só ter gorduras do bem. Espero ter esclarecido!! Bjs

      Excluir
  3. Boa pergunta a do primeiro anônimo (rs), tenho a mesma dúvida: pq o óleo de coco, se já dá pra misturar e dar liga só com o abacate e o whey? Alguma vantagem na mistura com o óleo? Qual? Grata.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpe a demora na resposta... enfim, faço esse pré-treino conforme minha nutricionista Priscila Di Ciero passou. Lembrem-se sempre da individualidade de cada um... mas enfim, o óleo de coco não é para dar liga, na verdade a função dele nesta receita (fora que é só uma colher de chá, o que ñ é uma dosagem muito grande, justamente porque o abacate já tem gordura), é porque por ser de fácil absorção, a gordura de coco é a melhor fonte de TCM (Triglicerídeos de Cadeia Média), não necessita de enzimas para sua digestão e metabolismo. No fígado, estes triglicerídeos rapidamente se transformam em energia, desta maneira não se depositam no organismo, por isso ela é considerada “termogênica”, ou seja, capaz de gerar calor e queimar calorias. Esta propriedade, aliada a capacidade que a gordura de coco tem de estimular a glândula tireóide, aumenta o metabolismo basal, auxiliando na redução da gordura corporal. Por isso como meu objetivo é eliminar o máximo de gordura, a minha Nutri incluiu no meu pré-treino! Espero ter esclarecido um pouquinho Renata e Anônimo! rsrsrs...

      Excluir